Há ou não há prostituição

nas universidades de Teófilo Otoni?

   Há algum tempo VOX publicou conteúdo baseado em informações de leitores que davam conta de haver alta prostituição dentro das faculdades de Teófilo Otoni. Segundo e-mails recebidos pelo portal, havia (ou há) garotas que até financiavam os seus cursos graças à prostituição em que estavam envolvidas. E na quase totalidade das situações, os clientes das universitárias que faziam os programas eram de fora dos limites do educandário. Essas jovens, vindas, em boa parte das vezes, de cidades menores e por não conseguirem um trabalho na cidade, viam-se motivadas a lançar mão desse recurso para seguir financiando o sonho do curso superior que, diferentemente do que se pensa, têm gastos que vão além de uma já salgada mensalidade.

 

    Longe de sugerir ou financiar qualquer forma de preconceito à profissão mais antiga do mundo, VOX quer saber, por pertinência jornalística, se há, de fato, prostituição sendo praticada dentro das nossas faculdades. Para isso, propõe a enquete abaixo: 

Prostituição.jpg

Conteúdo produzido por VOX - 20/02/2021, 10h

Shopping do VOX